22 de janeiro de 2009

Encontrei Você...

Desde o primeiro encontro dos nossos olhos
Eu soube o quanto eu poderia te amar
Quantas chances eu teria de ser feliz
Desde o primeiro toque
Eu soube quantas desilusões sofreria
Quanto de amor me restaria
Quantos sonhos seriam realizados
Você despertou meus desejos mais profundos
Quantas respostas achei e perdi
Quantos erros pensei ter cometido até chegar aqui
Eu sabia que existias, mas não acreditava num encontro

Te busquei todos esses anos de minha existência
Te procurei no ar, mas dos pássaros não tive notícias
Te procurei nos oceanos esperando que as ondas te trouxessem para mim
Procurei você até mesmo em meio à tempestades, desejando que surgisse de um clarão no céu.
Te procurei dentro de mim, chorei de angústia por não achar-te

Senti tanta saudade do desconhecido
Sobrava um espaço vazio imenso dentro de mim querendo ser preenchido

Que pena a vida não ter nos apresentado no momento certo
Que pena eu ter chegado tarde
Desejo ter outros espaços dentro de mim para ir sobrevivendo
Ficar te admirando e agradecer por ter ao menos descoberto que cada caminho que me desviei foi um guia
Cada erro que cometi foi uma direção para chegar até você e
Desejar ter existido por cada segundo
Mesmo não sendo sua.



by Val Costa Pinho