16 de julho de 2009

Marcas


Os livraram dos grilhões aos seus olhos
Deixaram livres as suas mãos

Adentramos o presente
E os grilhões os pesam na alma

Separados por irmãos entretons
Escondem nos recônditos do seu eu mais profundo
A dor de sofrer por semelhantes que se fazem diferentes...


by Val Costa Pinho