3 de outubro de 2009

Prece Avessa

Benditos sejam
Todos que usam em vão as trilhas da vida
Caminhando sobre linhas borradas
Envolto em sofrimento e dor

Não ignoram frases de efeitos
Ignoram pesos mortos agregados entre os caminhos matinais

Louvados sejam os que guardam em si o silêncio, transformando-os em atos fantasmas
Assim seja
Entre todos que deixam de lado os princípios rogados em comunhão materna
Àqueles que cobiçam degraus “rolantes”, almejam o topo do mundo
Que os anjos não apareçam disfarçados
Que digam amém aos que se espelham em modelos derramados de falsa devoção
Que os degraus sejam fortes para os agüentarem

Roguemos por todos que se protegem da tempestade envoltos em vestes de papéis
Santificado seja os que conseguem enxergar como aberração aqueles que já foram anjos um dia
Oremos por todos que conseguem ocultar-se da culpa

Digamos Amém
Amém aos bem sucedidos que não sabem dividir, compreendamos a sua compulsão em acumular
Amém aos cultos que não se doam, entupidos de letras e teorias, mas se furtam em idéias “salvadoras”
Amém aos fiéis que derramam lágrimas asfixiantes todos os dias aos pés do Senhor, mas negam uma única palavra afável para abençoar o dia do seu irmão

Assim seja... Caminhamos lado a lado, somos iguais em alguns instantes

Que os instantes avarentos não se estabeleçam em nossas vidas
E assim, para o nosso bem e o bem do próximo, possamos “orar” uma prece verdadeira
Que seja feita a vossa vontade!

by Val Costa Pinho