2 de abril de 2011

O gozo da desejosa



Ante os olhos meus que te comem
Tu me devoras e traças

Ante a boca minha que te suga
Tu me mordes e mascas

Os dedos meus que se nutrem
Tu envolves e gastas

Gemidos meus que sucumbem
Os teus diante os meus, ultrapassam

Nesses corpos nús que se unem
Tu e eu, fogo e brasa

Um meu e teu que se funde
Nesse nós que goza e mata

by Val Costa Pinho