13 de outubro de 2013

Orfandade Sem Este


Ter o frio cobertor do arrepio
Uma dor espinhada na pele
De pêlo que ainda não vingou
Do alimento água da chuva
Que brota na poça
Copo d’água
Café da manhã
E o sol, ainda energia
Seca as lágrimas
O coração

No peito a pulsar
A fome
Tatuagem em seu corpo
A capa de criança
Filha da friagem
Da sorte do azar
De não ser ninguém

by Val Costa Pinho
Imagem: Anna Gillespie